• Uma Decisão Estratégica na Vida do Candidato a Concursos Públicos*

    02/06/2011

     

     

     

       Tenho recebido algumas perguntas de candidatos, leitores do Blog e usuários doTUCTOR, com a dúvida sobre a decisão a ser tomada diante de situação na qual almejam um concurso que exige uma longa trajetória de preparação, ou depende de algum requisito temporal a ser cumprido, mas teriam interesse, num prazo mais curto, na busca da aprovação num concurso que não dependa do referido requisito temporal ou não exija um tempo tão expressivo de preparação.


       Esta mesma dúvida atinge candidatos que ainda estão cursando determinada graduação, mas pretendem alcançar uma carreira que dependa da conclusão daquele curso superior. Ontem mesmo estava ministrando uma palestra numa Instituição de Ensino Superior em Campinas-SP, e a coordenadora do curso me fez exatamente esta pergunta.


       Pois bem, conforme tenho sustentado, é fundamental pensar a preparação de forma estratégica e tática. As questões estratégicas se situam no plano decisório, em termos de objetivo a ser definido e caminho a ser trilhado. Já os aspectos táticos da preparação envolvem a implementação do planejamento estabelecido, ou seja, estão no plano do como trilhar o caminho traçado.


       Assim, enquanto a definição de objetivo, em termos de carreira pública almejada, faz parte dos aspectos estratégicos, as técnicas de estudo adotadas fazem parte do universo de elementos táticos. O fundamental é que o candidato compreenda as variáveis envolvidas no referido processo, tenha a clareza da relação custo-benefício de cada opção realizada e procure agir de maneira eficiente e racional, no sentido de otimizar a implementação de suas energias e esforços cognitivos, de modo viabilizar, da forma mais rápida possível, a sonhada aprovação. Nos posts que fazem parte da pauta “RELATO DE ÊXITO” percebe-se muitos conselhos dos candidatos de sucesso em relação aos equívocos que consideram ter cometido, os quais normalmente são acompanhados da visão de que se não tivessem agido daquela maneira teriam conquistado a aprovação num espaço de tempo menor.


       Dessa forma, considero que os candidatos que se encontram na situação ora abordada contam com algumas possibilidades:


       1a. – Estruturar um plano de estudos focado exclusivamente num concurso considerado mais acessível, tal como de nível médio – por exemplo para carreiras como de Técnico do Judiciário ou do Executivo, o qual, comparado ao objetivo maior, seria um concurso do tipo “escada”, ou algum outro cargo que cumpra este papel. Posteriormente, tendo atingido esta meta, o candidato montaria um novo plano de estudos, voltado à preparação para o concurso que corresponda ao seu objetivo principal;


       2a. – Estabelecer um plano de estudos focado exclusivamente no concurso meta-principal, mas ao longo da preparação vai prestando outros – que seriam os concursos “escada”, sem se desviar do plano principal. Sendo aprovado, assume e continua implementando este mesmo plano, voltado à busca da aprovação no concurso meta-principal;


       3a. – Constrói um caminho intermediário, de modo que procure, mesmo trabalhando com o planejamento do concurso meta-principal, promover pequenos desvios, no sentido de incluir no planejamento matérias e conteúdos inerentes ao concurso “escada”, de modo a tentar melhorar as condições de aprovação neste certame. Ou seja, a estrutura principal do programa a ser enfrentado corresponde ao concurso meta-principal, mas o referido plano de estudos sofre pequenas alterações em função do objetivo intermediário.


       Naturalmente, é possível que o candidato vislumbre outras possibilidades além destas. Mas o fundamental é que entenda dois aspectos de grande relevância:


       1º- A decisão é sua! Não tenho como dizer o que deve fazer. Não sou dono da verdade, nem “guru dos concursos”, ao contrário de outros que existem por aí. Além do mais, quem vai pagar o preço e desfrutar das glórias é você, só você!


       2º- Esta decisão deve ser pautada por uma lógica de busca de eficiência. Ou seja, o que se deve avaliar é o seguinte: qual opção é mais eficiente, principalmente diante das minhas condições? Isto é, se o candidato for um pai de família que pretende sair da iniciativa privada o mais rápido possível, talvez a 1ª opção seja mais adequada. Mas se o candidato não se enquadra na referida situação e dispõe de condições de se manter por algum tempo exclusivamente por conta dos estudos, talvez a 2ª ou 3ª opção possa ser mais pertinente. Pode ser ainda que, mesmo se enquadrando na segunda situação, o candidato considere que a experiência profissional de uma carreira tida por intermediária seja importante e resolva adotar a 1ª opção.


       Eu, particularmente, quando passei para Procurador de Estado havia feito a 3a opção. Estava focado no planejamento do concurso da Magistratura, mas diante do concurso de Procurador, promovi um pequeno desvio no plano original, de modo a incluir no meu planejamento algumas matérias e conteúdos que não eram do programa da Magistratura, mas eram importantes para Procurador, tal como a parte especial do Direito Tributário e Legislação estadual.


       Olhando para trás, considero que foi uma decisão adequada e eficiente. Adotando a referida lógica, o candidato deve desenvolver uma avaliação séria e profunda, de modo a compreender sua situação, suas condições para o empreendimento cognitivo do concurso e suas expectativas.


       Mas o fundamental mesmo é que você procure agir de forma estratégica, principalmente se está iniciando sua trajetória na preparação para o concurso. E com isto, busque empreender suas energias de forma eficiente e racional, viabilizando as condições necessárias a enxergar, o mais rápido possível, o seu nome na lista de aprovados.


       Bons estudos e sucesso na busca da aprovação!


       Rogerio Neiva

     

    Texto inicialmente publicado no Blog do Professor Rogério Neiva. Conheça o Blog 

  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube
Busca
Buscar
Indicações de Livros
  • Litera
Indicados para sua preparação
  • Damasio oab
  • EBEJI coaching
  • Master publico
Descontos especiais
  • LIVRARIA
Newsletter
Cadastrar
Realizado por Amplitude Web